Close

18 de agosto de 2020

Como não barrar a diversidade no processo seletivo

diversidade no processo seletivo

Entenda neste artigo quais ações implementar no seu processo seletivo para garantir a diversidade dentre os aprovados.

Hoje, a diversidade e inclusão nas empresas não é mais considerado um diferencial, mas sim algo fundamental para ter uma boa cultura organizacional e atrair talentos qualificados.

De acordo com a pesquisa HR Thinking, 48% dos RHs trabalham o tema diversidade. E tem mais, está entre os 3 temas mais trabalhados internamente, junto com employer branding e candidate experience.

Neste artigo, vou te dar algumas dicas de ações que podem ser implementadas nas etapas do seu processo seletivo, fazendo com que a diversidade não seja barrada, mas sim, incentivada a chegar até o final das avaliações.

Diferenciais para garantir a diversidade no seu processo seletivo

Para nós, diversidade é buscar pessoas que possuem diferentes backgrounds, e isso deve ser olhado com bastante atenção, fazendo parte do planejamento do seu processo.

Uma pesquisa da Harvard Business Review, revelou que em empresas onde a diversidade é reconhecida, os funcionários estão 17% mais engajados, e também que a existência de conflitos chega a ser 50% menor que nas outras.

Com isso, vamos às dicas:

  1. Oportunize notas de corte, como em testes de inglês, por exemplo. Isso faz com que mais profissionais diversos sigam nas avaliações.
  2. Engaje e empodere estes candidatos, essas ações funcionam como gatilhos de encorajamento durante todo o programa.
  3. Em atividades qualitativas, como dinâmicas e painéis, traga ambientes confortáveis para este público, convidando gestores e profissionais que se conectem em empatia e local de fala com estes candidatos, para que se sintam acolhidos e confortáveis para darem seu melhor na avaliação.

Invista no recrutamento e seleção por competências

O recrutamento e seleção por competências garante a imparcialidade no processo, por ser totalmente baseado em competências reais, fazendo com que todos os recrutadores que fazem parte da seleção sejam imparciais em questões subjetivas.

Além disso, este método também avalia os candidatos por meio de suas habilidades, conhecimentos e atitudes diante de situações profissionais e sociais, eliminando o viés das contratações que identificam quesitos externos.

Outra maneira de eliminar esse viés é utilizar o currículo cego no seu processo seletivo. Essa forma de recrutamento impede que exista preconceitos inconscientes no decorrer do processo, garantindo que a sua empresa não contrate sempre o mesmo perfil de candidato.

Para entender mais a fundo sobre este tema, leia nosso artigo “Como trabalhar a diversidade dentro da sua empresa”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content