Rede social de carreira: benefícios para o seu Employer Branding - Matchbox

Rede social de carreira: benefícios para o seu Employer Branding

23 de setembro de 2019

Avatar

Julia-sanchez

Freela de conteúdo da Matchbox
certificação em recruitment marketing

Uma empresa ter uma rede social de carreira em uma atualidade que envolve talentos que estão extremamente imersos nelas, é, no mínimo, uma obrigação. Para se ter uma ideia, o Brasil soma atualmente mais de 130 milhões de usuários no Facebook, sendo o 3º país que mais utiliza a plataforma no mundo.

Case Ultra: páginas de carreiras

Veja como o Ultra atingiu o público jovem por meio das redes sociais de carreira.

Agora, vamos atrelar isso a sua estratégia de Employer Branding. Com ela, o seu objetivo é tornar a sua marca empregadora reconhecida através de uma percepção positiva do mercado ao seu respeito, não é? E como você deseja fazer isso com êxito se não atinge todos os seus potenciais colaboradores e consumidores que estão totalmente ligados em suas redes sociais? 

Pois é, parece realmente desconexo esse posicionamento, e por isso é importante estar muito atento aos locais onde o seu público-alvo está para sempre estar ao lado dele, chamando a sua atenção da maneira como eles podem ser atingidos, e se isso necessitar de uma rede social, então vamos nessa!

Usando as redes sociais ao seu favor 

Em uma pesquisa de benchmark sobre o mercado de Talent Acquisition que realizamos em 2018, onde recolhemos respostas de um total de 126 empresas com mais de 100 funcionários, descobrimos que 66% delas possuem páginas de carreira. Ou seja, isso já deixou de ser um diferencial, se tornando uma obrigação para as empresas que não querem ficar para trás. 

Com esses dados, pudemos perceber a grande evolução da interação das marcas empregadoras com o seu público, pois elas estão entendendo cada vez mais quais são os locais que a sua persona ocupa e estão indo até lá se comunicarem com ela, se adequando à sua linguagem e conseguindo ótimos resultados quando o assunto é alcançar os talentos ideais. 

Como nós sabemos disso? Bom, todas as vezes que utilizamos as redes sociais de carreira de nossos clientes para divulgar vagas, obtivemos ótimos resultados, com uma grande quantidade de interações e um volume considerável de cadastros recebidos. No entanto, nem sempre números elevados dizem respeito a qualidade, e para a estratégia da rede social de carreira trazer reais benefícios para o seu Employer Branding, é necessário acertar na hora de escolher as pessoas com quem você quer se comunicar.

Trazendo benefícios para o seu Employer Branding 

Utilizar as redes sociais para interagir com o seu público-alvo já é meio caminho andado. Agora, é preciso entender qual a comunicação ideal com esse público e fazer uma segmentação dos talentos que você deseja alcançar. Para isso, é necessário a construção da sua candidate persona ideal

A melhor forma de fazer isso é evitar o acúmulo de interações que fogem de sua persona e coletar informações sobre quem interage com a sua marca, realizando um estudo com base nesses dados. Com isso, você poderá ser cada vez mais assertivo no relacionamento com essas pessoas, recebendo cadastros com atribuições cada vez mais próximas das que deseja. 

Trata-se, na verdade, de traçar o caminho certo para o objetivo que você teve ao investir em sua página de carreira, que é se comunicar com a sua employer brand. Por isso, quando falamos de comunicação com o público, não falamos apenas de divulgar vagas nas redes sociais ou disponibilizar textos motivacionais, e sim de disponibilizar conteúdo que agregue valor a quem está o consumindo, demonstrando o seu know-how e enchendo os olhos dos usuários das redes. 

Além disso, você já parou para pensar no valor que agrega ao candidato ao possuir uma rede social bem estruturada? Ao sair de uma entrevista ou mesmo na hora de se candidatar a uma vaga, uma das primeiras alternativas que o talento tem é de saber o que a sua empresa é através de informações rápidas e acessíveis, que ele costuma encontrar no Facebook, por exemplo. Agora, se o seu nome não for encontrado nas buscas de perfis, metade de sua credibilidade corre risco, pois parecerá que você não é tão importante assim ou até mesmo que mal possui uma cultura de marca consolidada. 

Post imagem