<

Por que é importante ter um relacionamento com universidades?

9 de setembro de 2019

Julia-sanchez

Freela de conteúdo na Matchbox

Você já ouviu falar na geração Millennial, mais comumente conhecida como geração Y? Isso mesmo, é a geração dos nascidos na virada do século 20 que respiram o mundo da tecnologia, e que frente ao mercado de trabalho, não querem menos do que um emprego que satisfaça não só suas necessidades, como principalmente seus desejos. Essas pessoas estão cansadas de ouvir as histórias de seus pais e avós sobre os seus antigos empregos monótonos e sem valorização do funcionário, e definitivamente querem viver algo diferente. 

Agora você deve estar se perguntando o porquê desse questionamento, e nós te respondemos: são esses os profissionais mais empenhados e talentosos que você quer para a sua empresa, e eles não vão querer fazer parte de sua equipe se não estiverem 100% confiantes de que será um bom negócio. 

Manter um relacionamento com universidades permite que você consolide desde o início das carreiras dos alunos uma percepção positiva sobre a sua empresa e o local de trabalho que ela oferece, proporcionando a ambos a oportunidade de conhecer pessoas e lugares que seguem o mesmo mindset e que têm tudo para agregar em suas trajetórias. 

Em busca do colaborador ideal 

Nos últimos anos, trabalhar em diversas empresas diferentes se tornou comum para o jovem colaborador. É simples, ele não se sente satisfeito com o seu posto de trabalho e procura rapidamente por algo que esteja mais próximo de preencher seus desejos e expectativas, fazendo com que as corporações percam o valor de possuir um funcionário que cresceu junto com ela e que se tornou parte de sua estrutura. 

O primeiro passo para ter uma equipe bem estruturada e constituída por colaboradores que façam sentido em sua empresa é entender que não existe o candidato perfeito, e sim o potencial talento que você irá aperfeiçoar de acordo com as necessidades de ambos. Neste ponto, a parceria é uma boa pegada para as empresas que querem ter um bom reconhecimento como local de trabalho. 

Nesse momento, começamos a entender um pouco mais sobre a importância de estar junto ao seu colaborador desde os seus primeiros anos de profissão, buscando dentro das universidades os jovens talentos que irão fazer a diferença em sua equipe e que vão abraçar sua ideia, permitindo que a empresa faça isso por ele também. 

A relação com as universidades 

Um auditório cheio de alunos curiosos para saber sobre o seu know-how é a peça chave para o alcance de seu objetivo: uma equipe bem estruturada. O meio para fazer isso é trabalhar com eventos que promovam os seus valores de maneira a aproximar o jovem talento de sua realidade, como o nosso Programa de Embaixadores. 

Sabe aquele funcionário que acredita no crescimento da empresa tanto quanto ela mesma? Sim, é ele quem será o propagador de sua mensagem, levando tudo que há de melhor em seu ambiente de trabalho para despertar o interesse de todos aqueles que possuem o mesmo mindset, tudo isso com uma estratégia só. 

Além da credibilidade que será demonstrada através dos relatos e conhecimento do colaborador, o aluno poderá guardar o nome da empresa com carinho quando lembrar daquele insight que teve após uma palestra em sua faculdade, obtendo assim uma percepção positiva do que foi passado.

Esse tipo de estratégia contribui e muito para a jornada do talento, tornando a busca da empresa mais assertiva e algumas etapas do processo mais breves ou mesmo desnecessárias, fazendo com que o encontro entre empresa e colaborador ideais aconteça de forma rápida. 

É claro que essa ação não é feita com simples palestras motivacionais. O segredo por trás dos resultados que conseguimos em parcerias como a que fizemos a Bosch, por exemplo, é unir conceitos de marketing de defensores, gamificação e marketing de relacionamento no plano de ação, preparando os embaixadores para proporcionar o engajamento de forma personalizada e que aproveite ao máximo todas as etapas do programa. 

Case Bosch: Programa de Embaixadores

Com a relação estabelecida entre a sua empresa e as universidades definidas no plano de ação, a ponte entre aluno e colaborador diminui muito, contribuindo também para a melhora da percepção do consumidor que há em cada aluno presente no programa. Você ganha maiores chances de conhecer jovens talentos e ainda ganha o coração daquele consumidor, melhorando o aspecto de sua marca empregadora e marca de consumo em uma estratégia só.

Post imagem