Close

Checklist para o planejamento da sua marca empregadora

planejamento da sua marca empregadora

Construir um bom planejamento para sua estratégia de employer branding é o primeiro passo para criar uma marca empregadora de sucesso. Coletamos os principais pontos para a construção de um planejamento de marca empregadora com os especialistas do time da Matchbox para criar um checklist de pontos que não podem faltar para a construção do seu plano de ação. 

 

  • Revisite sua estratégia até o momento

 

Se você já teve um plano de Employer Branding em prática, o primeiro momento é fazer um levantamento de tudo que foi realizado até o momento, aproveite para levantar o máximo de informação possível: histórico, resultados, metas. Todos esses dados vão ajudar você a construir um plano de ação baseado em fatos concretos. 

 

Uma ótima ideia é construir a análise SWOT da sua estratégia até o momento. Existem muitos conteúdos sobre análise SWOT disponíveis pela web!

 

  • Peça feedback às áreas envolvidas

 

Em muitas empresas, o trabalho de marca empregadora não é exclusivo da área de Talent Acquisition ou Recursos Humanos. Comunicação e Marketing são duas áreas que normalmente também se envolvem com Employer Branding, afinal ele impacta diretamente na percepção da marca da empresa. 

 

Por isso, é importante coletar feedback de todas as pessoas e áreas envolvidas com esse projeto. Nessa fase, acreditamos que a diversidade hierárquica também é essencial, ou seja, escute estagiários, analistas e liderança!

 

  • Estabeleça um objetivo claro

 

Avaliação feita. É hora de determinar qual é o seu maior objetivo com a estratégia de employer branding. Todos os pontos deste checklist são importantes, mas esse certamente é indispensável. Se você, seu time e seus gestores não tiverem claro onde querem chegar, não vão conseguir realizar um bom trabalho. 

 

O objetivo tem que estar claro, alinhado ao objetivo da empresa e, ser realista, ou seja atingível, de acordo com o seu time, budget e hora. 

 

  • Defina as suas prioridades

 

Defina quais as principais atividades que seu time precisa atacar. Existem algumas ferramentas de priorização que podem ajudar você a tomar essa decisão, como a matriz de priorização e o ICE Score (muito usado por profissionais de Growth Hacking). 

 

Muitas vezes erramos pois queremos colocar tudo em prática, mas quando se quer fazer tudo acaba entregando pouco. 

 

  •  Apresente o plano para seus principais stakeholders

 

A partir disso, escute o feedback de todos os envolvidos. Entenda se seu plano está atingindo as expectativas da liderança e se o seu time se sente confortável com aquilo que foi desenhado. Garanta que todos os stakeholders estejam se sentindo parte do processo estratégico, é essencial para que haja sentimento de dono em relação às entregas. 

 

  • Estabeleça touchpoints para revisar seu plano

 

Nenhum planejamento é perfeito. O cenário vai mudando ao longo do ano, ou de um projeto e é necessário se organizar para fazer as mudanças necessárias. Por isso, desde o começo estabeleça momentos ao longo do plano que desenhou para reavaliá-lo. Faça as mudanças que forem necessárias e acelere a entrega daquilo que julgar adequado. Nossa sugestão é revisar seu plano a cada trimestre ou semestre. 

 


Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Últimos posts

recruitment marketing

Cost per Hire: Aprenda a otimizar seu recrutamento

Dentre todas as ações que precisam estar afiadas nestes processos de contratação, existe um tópico que precisa de muita atenção: o cálculo de Custo por