This is Dieter, a template for agencies and freelancers who are not afraid to stand out.
Top

Blog

Entenda as etapas da jornada do talento

A jornada do talento consiste em todas as etapas e interações que o talento se envolve até ser contratado pela sua empresa.

Como toda jornada, existe um início, meio e fim. Cada candidato é diferente, e é por isso que cada um deles irá levar um tempo diferenciado para passar pelas fases da jornada.

A jornada é composta por etapas online e offline, que podem ser instigadas pela empresa ou pelo próprio candidato. Assim como os candidatos são diferentes, as empresas também são. E por mais que existam etapas iguais, a movimentação dentro de cada etapa pode variar de acordo com a empresa, e a vaga oferecida.

É necessário estruturar uma boa jornada do talento, para que você não perca candidatos no meio do caminho. Para fortalecer a sua marca empregadora, e claro, para que o processo de recrutamento e seleção seja mais fácil e consistente para o RH.

Tendo uma boa visão da jornada, você consegue entender os principais pontos de contato talento/empresa, as expectativas dos candidatos, e se estão alinhadas com a sua organização, e também em quais aspectos o processo seletivo pode melhorar.

Quais são essas etapas?

  1. Descoberta

Para participar de um processo seletivo, ou conhecer a sua marca empregadora, é necessário que ela seja descoberta. Por meio do ciclo social, da internet, de sites de empregos, etc.

  1. Consideração

Pense que terá uma gama de vagas de emprego para um talento se candidatar. Como fazer com que ele considere se candidatar para a sua vaga? É aí que entra o seu Employer Branding. Quais ações para a sua marca empregadora você está fazendo? Ela está bem posicionada na internet? Ela desperta a vontade dos candidatos em trabalhar na sua empresa?

  1. Desejo

O talento irá pesquisar sobre a sua empresa, a cultura, os benefícios, etc. Ele poderá fazer isso acessando o site da empresa, o Linkedln, redes sociais, Love Mondays, entre outros. Se a sua marca empregadora tiver um bom employer branding, irá fazer com que o talento sinta o desejo de trabalhar na sua empresa e se INSCREVA para a sua vaga.

  1. Seleção

O processo de seleção pode variar de acordo com a vaga oferecida, mas o ideal é que a base do R&S feito pela sua empresa seja sempre o mesmo, seguindo um padrão com uma equipe de RH e gestores bem treinados para as etapas offlines, como entrevistas e dinâmicas. É muito importante que esse processo seja pensado e analisado para garantir a melhor experiência do candidato, para que ele continue interessado e engajado até o fim. Uma boa estratégia de seleção, também torna muito mais fácil o papel de descobrir e atrair o talento certo para aquela vaga.

  1. Contratação

O final da jornada é quando decidimos o(s) candidato(os) com o perfil ideal para aquela vaga e para a sua empresa. E claro, quando o feedback é passado para o talento e ele aceita a proposta. Nesse momento, é fundamental que a comunicação seja muito clara e direta, para sanar quaisquer tipos de dúvidas.

Quer saber mais sobre employer branding? Baixe o nosso e-book gratuito.

Do employer branding ao recruitment marketing

Post a comment