This is Dieter, a template for agencies and freelancers who are not afraid to stand out.
Top

Blog

como atrair talentos alinhados com a empresa

Como atrair talentos mais alinhados ao perfil da empresa

Uma das maiores dificuldades do RH hoje em dia, é atrair talentos com o fit certo para a sua empresa. Que estejam alinhados com a sua cultura, e se tornem colaboradores fiéis.

Para discutirmos esse assunto, é fundamental falar sobre employer branding e jornada do candidato, algo que impacta diretamente a sua marca empregadora.

Em nossa 2ª ed. do HR Thinking, conversamos com 2.360 talentos para entender melhor a jornada e investigar questões como “o que o talento faz antes de se inscrever?”. Os dois maiores números foram:

 

  • 78% entram no site da empresa;
  • 52% acessam o Linkedin.

 

Com isso, fica claro que é fundamental estruturar as ações da sua marca empregadora conforme o funil de employer branding. Explicamos sobre isso em nosso artigo: Entenda o que é Employer Branding

Falando sobre a aplicação do talento para uma vaga, vimos que, antes de realizar a inscrição, o talento irá procurar saber mais sobre a sua empresa principalmente em seu site, e no Linkedin.

Você precisa aproveitar que são nesses canais que você tem domínio do conteúdo. Em sites como Love Mondays, por exemplo, não podemos ter o controle do que é falado sobre a empresa, mas em canais próprios podemos expor os benefícios que a empresa pode trazer para aquele candidato. Mostrar a sua cultura, seu clima organizacional, e fortalecer a sua marca empregadora. O HR Thinking mostrou que 55% dos candidatos, querem saber sobre oportunidades de carreira e o ambiente/clima de trabalho.

Por meio da nossa pesquisa, também foi apresentado que o momento da inscrição é muito importante. E que alguns erros fazem com que você perca o candidato nessa etapa.

Você dá atenção ao job description?

45% dos talentos, afirmam que o principal critério para se inscrever foi ter gostado da descrição da vaga. Seja realista, descreva o que é realmente importante e imprescindível que o candidato tenha para se inscrever. Fale com clareza sobre a sua rotina na área.

E quando falamos sobre formulários de inscrição, você acha que eles serem extensos faz com que os candidatos desistam de se inscrever para a vaga?

61% dos talentos disseram que sim. E 55% deram nota 9 ou 10 para inscrições feitas por meio de chatbot.

Após conseguir atrair o talento, e tê-lo inscrito em sua vaga, as ações de employer branding não podem parar. É necessário mantê-lo sempre informado do processo, e ir nutrindo-o de informações relevantes sobre a empresa, a vaga, ou a área que ele irá atuar.

Avalie esses dois números:

 

  • 60% dos candidatos avaliam os feedbacks enviados como ruins;
  • 66% dos RHs dizem fornecer feedback aos seus candidatos.

 

Ligando essas duas informações, podemos refletir que o feedback é uma parte muito importante do processo, porém ele precisa ser reformulado.

Dê feedbacks a todos os seus candidatos, sem exceção. Seja ele positivo, negativo, mudança de perfil, ou congelamento da vaga. Não diga apenas se ele foi aprovado ou reprovado, mas sim, algo que irá acrescentar no seu desenvolvimento.

Quando o número de candidatos é grande, pelo menos comente a sua evolução, e forneça informações para ele se desenvolver. Mantenha a comunicação mesmo após ele ser reprovado.

A jornada do candidato impacta tanto positivamente, quanto negativamente no seu employer branding. Quando um talento passa por uma experiência ruim, 50% dizem que não se candidatariam novamente para a mesma empresa. E 43% deixaram de comprar produtos ou serviços da empresa.

Quer ter acesso a pesquisa na íntegra? Baixe o relatório da HR Thinking 2019.

Post a comment