This is Dieter, a template for agencies and freelancers who are not afraid to stand out.
Top

Blog

Candidate Persona: o que é e por que é importante?

Segunda-feira, nove horas da manhã, tomando um café na mesa e lendo os e-mails que sobraram de ontem, e você se depara com um e-mail da chefe falando que a empresa está abrindo 20 vagas de estágio para o próximo semestre, e que precisamos começar a trabalhar nessa atração de talentos ASAP! “Beleza, vamos lá!”. Pra que áreas são as vagas, qual o perfil esperado, quais as competências, como vamos avaliar cada competências, quantas fases terá o processo, e por aí vai, certo?! E depois de toda essa estruturação, vamos a um ponto crucial do projeto: como vou atrair os talentos certos para aplicar para minha vaga?

A verdade é que essa dúvida não é de uma ou duas empresas, mas de quase TODAS as companhias que buscam candidatos qualificados e de alto potencial para recrutar. E para respondê-la começamos a pensar nos canais de atração possíveis, desde consultorias de recrutamento e seleção, redes sociais como Facebook e Linkedin, até job boards como MyTrainee e Ligado na Facul, certo?! É claro que o canal de divulgação da oportunidade é essencial para essa atração de talentos, porém existe um ponto anterior que muda totalmente a efetividade de todas as etapas seguintes, mas que quase nenhuma empresa faz, que é a criação da sua Candidate Persona.

Mas antes disso, precisamos ter certeza de que estamos na mesma página… afinal de contas, “o que é a Candidate Persona?

 

o que é?

A Candidate Persona (ou Persona do Candidato) é um personagem fictício que representa o candidato ideal para a vaga que você está buscando preencher. Essa persona é formada por diversas características pessoas e profissionais, desde habilidade e histórico acadêmico e profissional, até traços de personalidade como liderança, organização, ambições, crenças, etc; Como os perfis de candidato mudam dependendo da vaga, é muito comum a empresa ter mais de uma persona.

A criação dessa Persona ajuda o recrutador a entender o público melhor, a saber os melhores canais para se comunicar e atrair esse público, assim como o “tom de voz” a ser usado e como vender a vaga e empresa. Com esse direcionamento, os esforços de recrutamento e seleção são muito mais efetivos na aquisição dos talentos e, quando bem criada, fica claro até para novos integrantes da equipe de recrutamento o qual o perfil desejado para a vaga.

 


 

de onde veio isso?

Esse conceito já vem sendo utilizado há alguns anos pelas áreas de marketing, vendas e desenvolvimento de produto, adaptando essa prática às particularidades de cada área. Mas a primeira área a cunhar esse conceito foi o marketing, utilizando pesquisas e entrevistas para conseguir entender da forma mais profunda possível o público-alvo.

Nas áreas de marketing e comunicação, a persona é um dos (senão o) primeiros passos para iniciar uma nova campanha, ou para comunicar um novo produto. É com base nessa definição que os publicitários decidem a mensagem, tom de voz, canal de divulgação, e outros fatores da campanha.

 

qual a diferença entre Persona e Público-alvo?

Mas a persona não é a mesma coisa que o público-alvo? Não! Público-alvo é um conceito mais difundido e antigo no mercado, e mais genérico do que a Persona. Normalmente as características desse público são ligadas a um grupo de pessoas e não ao indivíduo.

O público-alvo é uma definição demográfica, social e econômica de quem vai consumir o seu produto, ou se candidatar para sua empresa, e contém informações como idade, gênero, profissão, região do país, formação, etc. Apesar de ser um bom indicador inicial de como abordar a campanha, existem muitos dados e informações disponíveis para criação de uma “personagem” muito mais completo, contendo inclusive gostos e comportamento pessoais e profissionais da pessoa. Essa definição mais detalhada e profunda é a Persona, no caso do Marketing, e a Candidate Persona no caso de Recrutamento e Seleção.

A persona é formada por características como habilidades, traços de personalidade, necessidades, objetivos, pensamentos, dores, opiniões, sentimentos e expectativas do candidato/funcionário perfeito.

 

por que é importante?

Ok, entendemos o que é uma candidate persona. Mas claramente esse desenvolvimento toma tempo dos profissionais de RH, o que obviamente gera um custo para a empresa. Então é importante entendermos melhor os benefícios que essa estratégia traz para a operação de aquisição de talentos.

Utilizar essa metodologia e definir com precisão a persona que está sendo buscada pode ajudá-lo:

  • Na criação de Job descriptions mais relevantes, aumentando número de inscritos nas vagas. Conhecer melhor a candidate persona ajuda a entender a linguagem a ser usada na descrição da vaga, a forma de “vender” aquela posição, e os pontos que seu público efetivamente valoriza em relação à oportunidade;
  • Na criação de conteúdo mais interessante e educativo para o seu público, aumentando sua posição de “autoridade” e influência perante os leitores (quer ver como isso funciona na prática, leia nosso conteúdo “3 maneiras que o Inbound Recruiting vai otimizar a vida do RH”);
  • No mapeamento dos melhores canais de atração, tendo um melhor retorno sobre o investimento na divulgação;
  • Na captação de candidatos mais qualificados para a vaga, com talentos mais bem preparados e no perfil ideal;
  • A entender os objetivos de carreira e motivações do público, para criar uma mensagem mais atrativa e melhorar o Employer Branding (para entender um pouco melhor essa relação, veja nosso conteúdo “O que é Recruitment Marketing e por que ele é importante?”);
  • No conhecimento e foco nas atividades que vão efetivamente trazer resultados na atração de talentos.

 

E aí, deu pra entender um pouquinho mais sobre o que é e a importância que tem uma candidate persona?

Estamos desenvolvendo um guia completo, com o passo-a-passo ideal para que você possa criar a sua candidate persona. Caso tenha interesse, deixe seu e-mail no formulário abaixo que te enviamos o guia assim que ele estiver pronto.


Post a comment